Infância

O apoio aos meninos de hoje e homens de amanhã exige uma abordagem e atenção contínua visando a sua estabilidade emocional, afectiva e social.

Nesse pressuposto, as crianças são analisadas consoante o seu meio e grupo, permitindo a educadora elaborar projectos como forma de combate às carências da criança, nas áreas cognitiva, linguística, sócio-afectiva ou psicomotora, colmatando lacunas que conduzem ao insucesso escolar.

Deste modo, as valências de infância tendem a prestar serviços vocacionados para o desenvolvimento da criança proporcionando actividades educativas e de apoio à família, durante o período de trabalho ou impedimento dos pais.

Informações de inscrição